Os primeiros dentes

Entre o 5 meses e os 3 anos de idade o seu bebé irá adquirir cerca de 20 dentes de leite.
Em alguns casos, o rompimento dos dentes pode ser um acontecimento discreto, que não causa qualquer dor ao bebé. Mas, na maioria, a chegada dos primeiros dentes é um verdadeiro desafio para os pais. Normalmente o bebé apresenta irritabilidade, recusa alimentar, leva frequentemente as mãos ou objectos à boca e aumento da salivação (sialorreia). 
Não existe uma solução para tornar o rompimento dos dentes menos doloroso. No entanto, uma roca especial ou um anel de dentição refrigerado para o bebé ir mastigando podem acalmar a dor sem magoar as gengivas. Como a sucção produz um efeito calmante, a chupeta poderá trazer algum conforto.

Frequentemente, o rompimento dos dentes segue esta ordem:
  • 6-8 Meses: incisivos centrais inferiores
  • 8-10 Meses: incisivos centrais superiores
  • 10-11 Meses: incisivos laterais superiores
  • 11-12 Meses: incisivos laterais inferiores
  • 12-18 Meses: 4 primeiros molares
  • 18-24 Meses: 4 caninos
  • 24-30 Meses: 4 segundos molares

Deve-se iniciar a higiene dentária desde que o primeiro dente nasce. Há que fazê-lo diariamente, passando uma gaze húmida pelas gengivas e pelos dentes ou utilizando uma dedeira de silicone. Nesta altura não deve usar pasta dentífrica.
Pode usar uma escova pequena e com cerdas muito suaves, mal a criança tenha alguns dentes. E a pasta para crianças a partir dos 12 meses, quando a criança já consegue bochechar e cuspir.